Cláudia Raia

Cláudia Raia
Cláudia no programa Lady Night em 2018.
Nome completo Maria Cláudia Motta Raia
Nascimento 23 de dezembro de 1966 (55 anos)
Campinas, SP
Nacionalidade brasileira
Estatura 1,78m
Cônjuge
Lista
Ocupação
Lista
Período de atividade 1983–presente
Prêmios
Lista
  • 1986: Melhor Revelação Feminina — Roque Santeiro

    1986: Revelação do Ano — Roque Santeiro
    Melhores do Ano
    2010: Melhor Atriz — Ti Ti Ti (ver mais)
Religião budismo

Maria Cláudia Motta Raia (Campinas, 23 de dezembro de 1966) é uma atriz, bailarina, produtora teatral e apresentadora de TV brasileira.[1] Célebre por suas performances na televisão e no teatro musical desde o início da década de 1980, ela já ganhou inúmeros prêmios, incluindo dois Prêmios APCA, um Troféu Imprensa, um Prêmio Qualidade Brasil, e um Prêmio Bibi Ferreira, além de recebido indicações para quatro Prêmios Extra.

Cláudia iniciou sua carreira artística como bailarina, dançando profissionalmente nos Estados Unidos e na Argentina, e estudou balé por quatro anos em Nova York. Começou no teatro musical em 1982 na versão brasileira da peça A Chorus Line.[2] No ano seguinte despontou na televisão com sua personagem no programa Viva o Gordo. Em seguida, recebeu convite para a novela do horário nobre da TV Globo Roque Santeiro, pela qual ganhou popularidade e venceu o Prêmio APCA e o Troféu Imprensa.[3] Em 1987 recebeu sua primeira personagem popular, a feirante Tancinha de Sassaricando.[4]

Raia alcançou sucesso por seus personagens extravagantes e cômicos, como a Adriana de Rainha da Sucata (1990), Maria Escandalosa de Deus nos Acuda (1992), Engraçadinha Pereira em Engraçadinha (1995) e nas esquetes do programa Não Fuja da Raia (1996). Em 1998 foi aclamada por sua atuação como a vilã perversa Ângela Vidal em Torre de Babel. Com uma performance em tom diferente do habitual, ela garantiu uma indicação ao Troféu Imprensa de Melhor Atriz e consagrou-se como uma das atrizes mais versáteis e presentes no cenário da teledramaturgia nacional.[5]

Cláudia atuou em mais de 30 produções na televisão, destacando-se ainda em As Filhas da Mãe como a transexual Ramona, O Beijo do Vampiro como a vampira Mina D'Montmartre, Belíssima como Safira e em Sete Pecados como a vilã Ágatha. Em 2008, ao lado de Patrícia Pillar, recebeu aclamação da crítica por sua performance dramática em A Favorita como Donatella.[6] Por seu desempenho, foi indicada aos principais prêmios da televisão, incluindo o Troféu Imprensa, Prêmio Qualidade Brasil, Prêmio Extra e Melhores do Ano de Melhor Atriz.

Biografia

Descendente de italianos,[7] aos dez anos realizou seus primeiros trabalhos como manequim do costureiro Clodovil Hernandes. Aos onze anos fez um tratamento para controlar o excesso de crescimento; aos treze anos de idade já estava com 1,70 metro de altura, e isto a fazia se considerar "desengonçada".[8] No início da carreira de bailarina, dançou profissionalmente nos Estados Unidos e na Argentina.[9][10] Aos treze anos, ganhou uma bolsa para estudar balé em Nova York, onde ficou por quatro anos.

Carreira

Aos 15 anos participou da versão brasileira do musical A Chorus Line, fazendo o papel de Sheila, uma personagem dezoito anos mais velha.[11] Estreou na televisão como a personagem Carola, contracenando com o ator Jô Soares no esquete "Vamos Malhar" do humorístico Viva o Gordo. Em 1985 fez a dançarina Ninon na novela Roque Santeiro da Rede Globo. Em 1986 participou de Cambalacho. Em 1987, fez a feirante Tancinha na novela Sassaricando, e em 1988,[12] surpreendeu como a presidiária Tonhão, no quadro "As Presidiárias", no programa TV Pirata.

Cláudia Raia em 2011, depois de uma apresentação da peça Cabaret

Em 1990 foi apresentadora do Globo de Ouro, e fez par romântico com Antonio Fagundes em Rainha da Sucata. Em 1992 foi protagonista de Deus Nos Acuda como a excêntrica Maria Escandalosa. Em 1998, interpretou a vilã Ângela Vidal em Torre de Babel, que era obcecada por Henrique Toledo, papel de Edson Celulari, seu marido na época. Em 1999 interpretou Hortência Na Telenovela, Terra Nostra. Em 2001 participou de As Filhas da Mãe como a transsexual Ramona. Em 2002 interpretou a vilã Mina na novela O Beijo do Vampiro, quando estava grávida da filha Sophia.[13] O autor usou a gravidez da atriz e a inseriu na história de sua personagem e Cláudia se ausentou dois meses das gravações, retornando ainda em licença-maternidade. Em 2005 participou em Belíssima com Safira que fazia par romântico com Pascoal (Reynaldo Gianecchini). Em 2007 participou de Sete Pecados na pele da vilã Agatha. Em 2008 Claudia protagonizou A Favorita como Donatella, uma mulher que é acusada de um crime que a sua ex-melhor amiga Flora (Patrícia Pillar) cometeu.[14] Em 2010, a atriz protagonizou a telenovela Ti Ti Ti como a madame Jaqueline, onde ganhou prêmios de Melhor Atriz.[15]

Em outubro de 2011, interpretou a prostituta Sally Bowles no musical Cabaret, depois de vinte anos tentando obter os direitos do espetáculo. Com direção de José Possi Neto, a adaptação brasileira foi de Miguel Falabella.[16]

Em 2012 interpretou a vilã Lívia Marini da novela Salve Jorge, uma mulher sofisticada e inteligente, acima de qualquer suspeita, mas que é agenciadora para o tráfico de pessoas.[17][18] Em 2014, interpreta a vilã cômica e vidente charlatã Samantha, em Alto Astral.[19][20] Em 2016, interpreta a sensual e cômica Salete, em A Lei do Amor.[21][22] Em 2017 participou da série A Fórmula como Samira. Em 2019, retoma o destaque em telenovelas, interpretando a extravagante e divertida Lidiane "Lidi Pantera" ex-atriz de pornochanchada e perua emergente dos anos 90, na telenovela Verão 90. Também em 2019, foi jurada no programa Cultura, o musical na TV Cultura ao lado de seu marido, o apresentador da atração, Jarbas Homem de Mello

Em 2022, Cláudia estreou como a nova apresentadora do programa Decora: Vida de Novela no canal GNT, no qual entrevista grandes nomes da dramaturgia brasileira.[23][24]

Vida pessoal

De 1984 a 1986 foi namorada do humorista e apresentador Jô Soares.[25] Em 1986 começou a namorar o ator Alexandre Frota, com quem se casou em 15 de dezembro do mesmo ano na igreja da Candelária, no Rio de Janeiro. O casal se divorciou em 1989.[26][27] De 1989 a 1990 namorou o ator Raul Gazolla e entre 1991 a 1992 o apresentador Fausto Silva.

Em 1992 começou a namorar o ator Edson Celulari, com quem contracenava na telenovela Deus Nos Acuda, casando-se em 1993. Logo foram apresentados por amigos ao budismo, e se converteram. Cláudia é adepta do Movimento Humanos Direitos e desde aquele ano é convertida ao Budismo de Nitiren.[28] Em 1994 decidiram realizar a festa de casamento religioso, e reafirmaram os votos de casamento em uma cerimônia budista, no templo que frequentavam.[29] O casal teve dois filhos: Enzo, nascido em 1997, e Sophia nascida em 2003. Após dezessete anos de casamento se divorciaram em julho de 2010.[30] Em 2012 começou a namorar o ator Jarbas Homem de Mello.[31] Com alguns meses de namoro foram viver juntos em seu apartamento em São Paulo. Em setembro do mesmo ano fizeram votos de união estável, também em uma cerimônia budista.[32] Casaram-se no civil em 8 de dezembro de 2018, em São Paulo.[33] Em 19 de setembro de 2022, revelou estar grávida de seu terceiro filho, aos 55 anos.[34]

Filmografia

Televisão

Ano Título Personagem Nota
1983–85 Viva o Gordo Carola[35] Quadro: "Vamos Malhar?"
1985 Roque Santeiro Ninon / Maria do Carmo[36]
1986 Cambalacho Maria Antonietta Félix y Armendariz[37] Participação
1987 O Outro Edwiges[38]
Sassaricando Constância Gutierrez de Pádua (Tancinha)[39]
1988–89
1992
TV Pirata Vários personagens[40]
1990 Globo de Ouro Apresentadora
Rainha da Sucata Adriana Figueroa (Adriana Ross)[41]
1991 Escolinha do Professor Raimundo: 25 Anos de Trapalhões Dona Cacilda Episódio: "27 de julho"
Vamp Celeste[42] Episódio: "15 de agosto"
1992 Deus Nos Acuda Maria Rodrigues (Maria Escandalosa)[43]
1993 Você Decide Beatriz Episódio: "Você Toda Nua"[44]
1994 Ana Maria Episódio: A Vida Não Acabou"
1994 Caso Especial Inaura Episódio: "Lisbela e o Prisioneiro"
1995 Você Decide Dessié Lamar Episódio: "Não Se Pode Ter Tudo"[45]
Engraçadinha: Seus Amores e Seus Pecados Engraçadinha Pereira de Almeida[46]
A Próxima Vítima Vítima do casamento Episódio: "3 de novembro"
A Comédia da Vida Privada Paola Episódio: "Menino ou menina"[47]
1996 Não Fuja da Raia Apresentadora
1998 Torre de Babel Ângela Vidal[48]
1999 Sai de Baixo Petúnia Baleiro Episódio: "Atracação Fatal"[45]
Mulher Marcela Episódio: "Mãe Menina"
Você Decide Ana Episódio: "Meus Dois Fantasmas"[45]
Terra Nostra Hortência Hernandez
2001 Os Normais Michelle Episódio: "Brigar é Normal"
Sai de Baixo Ela mesma Episódio: "Uma Epopéia no Arouche"[45]
As Filhas da Mãe Ramona Cavalcante / Ramón Cavalcante
2002 O Beijo do Vampiro Mina D'Montmartre
Os Normais Marcela Magrela "Ter Filhos é Normal"
2003 Zig Episódio: "O Grande Segredo de Rui e Vani"[45]
Sítio do Picapau Amarelo Medéia Episódio: "O Circo"
Celebridade Ela mesma Episódio: "13 de outubro"
2004 Sitcom.br Beatriz Episódio: "A Volta"
2005 Mad Maria Teresa
Belíssima Safira Solomos Güney
2006 Minha Nada Mole Vida Brenda Karla Episódio: "Cuidado, Isso Mancha!"
2007 Sete Pecados Ágatha Trindade Ferraz
2008 A Favorita Donatela Fontini
2010 A Grande Família Vânia Lira Episódio: "Não Fuja da Raia"
Ti Ti Ti Jaqueline Maldonado / Irmã Desgosto
2012 Salve Jorge Lívia Marini
2014 Alto Astral Samantha Santana (Samantha Paranormal)[49]
2015 Babilônia Ela mesma[50][51] Episódios: "29–30 de junho"
2016 Haja Coração Episódio: "5 de agosto"
A Lei do Amor Salete Meloni
2017 Tá no Ar: a TV na TV Ela mesma Episódio: "14 de fevereiro"
A Fórmula Samira Alcântara
2017–19 Show dos Famosos Jurada
2019 Verão 90 Lidiane Andrade (Lidi Pantera)[52][53]
Cultura, o Musical Jurada[54]
2022 Pacto Brutal - O Assassinato de Daniella Perez Ela mesma
2022—presente Decora Apresentadora[55] Temporada: “Vida de Novela”

Cinema

Ano Título Personagem
1986 Cida, a Gata Roqueira Cida
1989 Kuarup Sônia
1990 Boca de Ouro Guigui dos Anjos
1991 Matou a Família e Foi ao Cinema Márcia
2001 Os Anjinhos em Paris Coco La Bouche (voz)
2003 Xuxa Abracadabra Madrasta da Branca de Neve
2009 Os Normais 2 Débora
2011 Retrato Falhado Kelly Cristina
2015 O Duelo Carol
2021 Luca Signora Mastroianni (voz)[56]

Internet

Ano Título Personagem Nota
2022 Novelei Ângela Vidal[57] Episódio: "Torre de Babel"

Teatro

Ano Espetáculo Papel / Função
1983 Chorus Line Sheila
1985 Gatão de Estimação[58]
1988 Splish Splash[58]
1989 A Pequena Loja de Horrores[58] Produtora da peça
1991 Não Fuja da Raia Várias
1993 Nas Raias da Loucura
1996 Caia na Raia
1999 5X Comédia[58]
2000 O Beijo da Mulher-Aranha Mulher-Aranha
2004 Batalha de Arroz num Ringue para Dois
2006–07 Sweet Charity Charity Valentine
2009–10 Pernas Pro Ar Helô
2011–13 Cabaret Sally Bowles / Produtora da peça
2013–14 Crazy for You Polly Baker / Produtora da peça
2015 Chaplin, O Musical Produtora da peça[59]
2015–16 Raia 30 Ela Mesma / Várias personagens
2017 Cantando na Chuva Lina Lamont / Produtora da peça
2017 Fala Sério, Gente! Produtora da peça
2018 Chaplin, O Musical Produtora da peça
2019 Conserto para dois Vários personagens/ Produtora da peça[60]

Prêmios e indicações

Ano Prêmio Categoria Nomeações Resultado
1986 Troféu APCA Revelação Feminina Venceu
Troféu Imprensa Revelação do Ano Venceu
1991 Troféu APCA Melhor Atriz Coadjuvante Venceu
1993 Troféu Imprensa[carece de fontes?] Melhor Atriz Indicado
1998 Melhores do Ano Melhor Atriz
Torre de Babel
Indicado
1999 Troféu Imprensa[carece de fontes?] Melhor Atriz Indicado
2002 Prêmio Contigo! de TV[61] Melhor Par Romântico Indicado
2006 Prêmio Contigo! de TV[62] Melhor Atriz Coadjuvante Venceu
Prêmio Arte Qualidade Brasil Melhor Atriz Coadjuvante Venceu
Prêmio Extra de Televisão Melhor Atriz Indicado
2007 Prêmio Mulheres Criativas[63] Melhor Atriz de Teatro
Sweet Charity
Venceu
2008 Prêmio Arte Qualidade Brasil[64] Melhor Atriz Indicado
Melhores do Ano Melhor Atriz Indicado
Prêmio Extra de Televisão[65] Melhor Atriz Indicado
2009 Troféu Imprensa[carece de fontes?] Melhor Atriz Indicado
Prêmio Contigo! de TV[66] Melhor Atriz Indicado
2010 Prêmio Contigo! de Cinema Nacional[67] Melhor atriz coadjuvante (júri popular) Venceu
Melhor atriz coadjuvante (júri oficial) Indicado
Prêmio Quem de Televisão[68] Melhor Atriz
Ti Ti Ti
Indicado
Prêmio Melhores da Revista da TV O Globo[69] Melhor Atriz Venceu
Troféu Samba de Primeira - Tamborim de Ouro[70] Televisão Venceu
Prêmio Extra de Televisão[71] Melhor Atriz Indicado
Prêmio Arte Qualidade Brasil[72] Melhor Atriz Indicado
2011 Troféu Imprensa[carece de fontes?] Melhor Atriz Indicado
Melhores do Ano Melhor Atriz Venceu
Prêmio Contigo! de TV Melhor Atriz Venceu
2012 Prêmio Aplauso Brasil[73] Melhor Atriz
Cabaret
Indicado
2013 Prêmio Bibi Ferreira[74] Melhor Atriz Indicado
Prêmio Quem de Televisão[75] Melhor Atriz Indicado
2015 Prêmio Contigo! de TV Melhor Atriz Indicado
Prêmio Extra de Televisão[76] Melhor Atriz Coadjuvante Indicado
Prêmio Arte Qualidade Brasil[77] Melhor Atriz de Teatro Musical
Raia 30 - O Musical
Indicado
Prêmio Quem de Teatro[78] Melhor Atriz de Teatro Indicado
2018 Prêmio Bibi Ferreira Melhor Atriz Coadjuvante
Cantando na Chuva - O Musical
Venceu
2019 Melhores do Ano[79] Personagem do Ano Venceu
Prêmio F5 da Folha de S.Paulo[80] Atriz de Novela Indicada
Prêmio Contigo! Online[81] Melhor Atriz Coadjuvante Indicada
Prêmio Área VIP[82] Melhor Atriz Indicada
2022 Prêmio Destaque Imprensa Digital[83] Destaque Atriz
Conserto para Dois – O Musical
Pendente
Destaque Musical Brasileiro Pendente
Prêmio Bibi Ferreira[84] Melhor Musical Pendente
Melhor Musical Brasileiro Pendente
Melhor Atriz em Musicais Pendente

Referências

  1. «Claudia Raia vive transexual em novela das 7». Estadão.com.br. 28 de maio de 2001. Consultado em 24 de abril de 2011 
  2. «CLAUDIA RAIA : Montenegro Talents». montenegrotalents.com.br. Consultado em 31 de março de 2022 
  3. Xavier, Nilson. «Troféu Imprensa». Teledramaturgia. Consultado em 31 de março de 2022 
  4. «Claudia Raia diz que com Tancinha aprendeu a não levar a sério fama». F5. 24 de maio de 2021. Consultado em 31 de março de 2022 
  5. «Folha de S.Paulo - Flor do mal (com foto) - 10/01/99». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 31 de março de 2022 
  6. «Claudia Raia lembra construção de mocinha de 'A Favorita': 'Sou canhota e fiz a Donatela inteira destra'». Gshow. Consultado em 31 de março de 2022 
  7. Cora Lima, Ana (5 de fevereiro de 2019). «O raiar da musa». Uol - TV e Famosos. Consultado em 26 de setembro de 2022 
  8. fotosantesedepois.com. Primeiro trabalho de Claudia Raia foi aos 10 anos - Página visitada 31/8/12
  9. imdb.com. Começou sua carreira como bailarina em sua adolescência, trabalhando na Argentina - Página visitada 31/8/12
  10. situado.net Ganhou uma bolsa para estudar balé nos Estados Unidos - Página visitada 31/8/12
  11. «The Musical». Consultado em 13 de maio de 2011 
  12. tvg.globo.com. Reveja Cláudia Raia em Sassaricando como a fogosa Tancinha - Página visitada 31/8/12
  13. gente.ig.com.br. Edson casado com Claudia com quem tem dois filhos, Enzo e Sophia - Página visitada 31/8/12
  14. afavorita.globo.com. Claudia Raia da vida a Donatela que foi sua primeira protagonista no horário nobre - Página visitada 31/8/12
  15. sidneyrezende.com. Claudia Raia revela que foi convidada para próxima novela das sete, 'Ti Ti Ti' - Página visitada 31/8/12
  16. Cláudia Raia estreia nesta sexta-feira o musical “Cabaret”
  17. «Cláudia Raia e Totia Meirelles são as vilãs da nova novela». mdemulher. Consultado em 10 de dezembro de 2012 
  18. «Cláudia Raia fala sobre Lívia». Papo Feminino Uol. Consultado em 1 de janeiro de 2013 
  19. Gshow (13 de agosto de 2014). «Loiríssima para 'Alto Astral', Claudia Raia exibe famosas pernas em cena». Gshow - Foi dada a largada. Consultado em 13 de agosto de 2014 
  20. Gshow (18 de agosto de 2014). «Loira e com os pernões de fora, Claudia Raia surge poderosa nas primeiras gravações». Extras - Alto Astral. Consultado em 19 de agosto de 2014 
  21. Guidorizzi, Guilherme (14 de março de 2016). «Claudia Raia vai interpretar devoradora de homens na novela 'Sagrada Família'». PurePeople. Consultado em 30 de junho de 2016 
  22. «Claudia Raia revela papel na TV: dona de posto que "pega" frentistas». UOU Glamurama. Consultado em 4 de julho de 2016 
  23. «Claudia Raia estreia como apresentadora do 'Decora: Vida de Novela', no GNT». gshow. Consultado em 17 de setembro de 2022 
  24. «Claudia Raia estreia como apresentadora de programa que transforma a casa de fãs de novelas e revela seus cenários favoritos». Extra Online. Consultado em 17 de setembro de 2022 
  25. «"Jô Soares salvou minha vida", revela Claudia Raia». Portal R7. Consultado em 28 de fevereiro de 2017 
  26. «Ex-namorados, Claudia Raia e Jô Soares dão beijo na boca - OsPaparazzi». OsPaparazzi. Consultado em 30 de junho de 2016 
  27. «"Estarei sempre pronto para ajudá-la", diz Alexandre Frota sobre Cláudia Raia - 26/07/2010 - UOL Celebridades - Da Redação». Celebridades. UOL. 26 de julho de 2010. Consultado em 30 de junho de 2016 
  28. Movimento Humanos direitos Amigos
  29. [1]
  30. Após 17 anos juntos, Cláudia Raia e Edson Celulari anunciam o fim do casamento e surpreendem amigos e colegas de trabalho. Atriz estaria "triste, machucada". Ele já teria saído de casa
  31. Claudia Raia e o namorado Jarbas Homem de Melo trocam beijos no Carnaval de SP
  32. «Claudia Raia e namorado vão morar juntos em SP: 'Não pensamos em casamento'». PurePeople. Consultado em 30 de junho de 2016 
  33. ´Claudia Raia e Jarbas Homem de Mello se casam no civil em São Paulo
  34. «Claudia Raia anuncia que está grávida aos 55 anos». gshow. Consultado em 19 de setembro de 2022 
  35. «Viva o Gordo: Quadro "Vamos Malhar?"». Globo. 19 de abril de 1984. Consultado em 2 de março de 2017 
  36. Dezan, Anderson (24 de junho de 2015). «'Roque Santeiro' 30 anos: 'Adoraria interpretar a Porcina', diz Claudia Raia». Ego. Globo.com. Consultado em 30 de junho de 2016 
  37. «Cambalacho». Teledramaturgia. Consultado em 30 de junho de 2016 
  38. «Claudia Raia foi a Edwiges da novela 'O Outro' (1987)». PurePeople. Consultado em 30 de junho de 2016 
  39. Castro, Thell de (29 de maio de 2016). «Em 1987, Claudia Raia roubou a cena em Sassaricando e frustrou protagonista». Notícias da TV. UOL. Consultado em 30 de junho de 2016 
  40. «TV Pirata». Memória Globo. Consultado em 30 de junho de 2016 
  41. «Claudia Raia interpretou a desajeitada bailarina Adriana em 'Rainha da Sucata'. Atualmente, a atriz é a charlatã Samantha da novela 'Alto Astral'». PurePeople. Consultado em 30 de junho de 2016 
  42. «Vamp». Teledramaturgia. Consultado em 30 de junho de 2016 
  43. «Deus Nos Acuda». Memória Glbo. Consultado em 30 de junho de 2016 
  44. «Claudia Raia também integrou o elenco de episódios do 'Você Decide' (entre 1993)». PurePeople. Consultado em 30 de junho de 2016 
  45. a b c d e «Cláudia Raia». Memória Globo. Consultado em 2 de março de 2017 
  46. «Claudia Raia protagonizou a minissérie 'Engraçadinha... Seus Amores e Seus Pecados' (1995)». PurePeople. Consultado em 30 de junho de 2016 
  47. «Claudia Raia também esteve na série 'A Comédia da Vida Privada' (1995)». PurePeople. Consultado em 30 de junho de 2016 
  48. «Claudia Raia e Jô Soares atuaram juntos no programa 'Viva o Gordo', em 1981, e tiveram um romance nessa época». PurePeople. Consultado em 9 de julho de 2016 
  49. Gshow (3 de novembro de 2014). «Samantha Santana - Personagens - Alto Astral». Personagens > Alto Astral. Consultado em 3 de novembro de 2014 
  50. «Claudia Raia faz participação como ela mesma em 'Babilônia'». O Dia. 25 de junho de 2015. Consultado em 8 de julho de 2015 
  51. «Claudia Raia puxa Tancinha para o palco e a ensina a dançar». Gshow. 5 de agosto de 2015. Consultado em 6 de agosto de 2016 
  52. Bruno Astuto (22 de fevereiro de 2018). «"Personagem maravilhoso", diz Cláudia Raia, que viverá ex-atriz de filme pornô na TV». Época.com. Consultado em 25 de fevereiro de 2018 
  53. Redação (19 de novembro de 2018). «Cláudia Raia em 'Verão 90': confira primeiras imagens da atriz como a personagem Lidiane». Gshow. Consultado em 22 de novembro de 2018 
  54. Paulo Pacheco (9 de junho de 2019). «Mais "séria" do que no Faustão, Claudia Raia até chora em reality do marido». UOL. Consultado em 9 de junho de 2019 
  55. «Cláudia Raia estreia como apresentadora do 'Decora: Vida de Novela', no GNT». Gshow. 16 de setembro de 2022. Consultado em 18 de setembro de 2022 
  56. Claudia Raia revela reação ao retomar trabalho na pandemia: 'Quase chorei'
  57. «Cláudia Raia revive a vilã Ângela Vidal na recriação de "Torre de Babel" em "Novelei"». Rede Globo. 15 de agosto de 2022. Consultado em 3 de setembro de 2022 
  58. a b c d «Maria Claudia Motta Raia: Atriz e produtora. Intérprete de musicais importados do modelo americano da Broadway». Enciclopedia Itau. Consultado em 2 de março de 2017 
  59. «Claudia Raia produz musical sobre vida de Charlie Chaplin com Marcelo Antony no elenco». Revista Claudia. 12 de abril de 2015. Consultado em 8 de julho de 2015 
  60. «Cláudia Raia e Jarbas Mello encenam "Conserto para dois" em Lajeado». Jornal A Hora. 26 de outubro de 2019. Consultado em 23 de novembro de 2019 
  61. «4º Prêmio Contigo! - Vencedores». Contigo!. Consultado em 6 de outubro de 2011. Arquivado do original em 14 de setembro de 2011 
  62. «8º Prêmio Contigo! - Vencedores». Abril. Consultado em 30 de setembro de 2011. Arquivado do original em 22 de março de 2009 
  63. Prêmio Mulheres Criativas
  64. «Categoria Televisão - 2008 - Prêmio Arte Qualidade Brasil». Prêmio Qualidade Brasil. 2008. Consultado em 2 de março de 2017 
  65. «As vilãs estão com tudo no Prêmio EXTRA de Televisão 2008». 16 de novembro de 2008. Consultado em 2 de março de 2017 
  66. «Confira os vencedores do 11º Prêmio de TV Contigo!». Terra. Consultado em 30 de setembro de 2011 
  67. «5º Prêmio Contigo reverencia os melhores do cinema nacional». Ofuxico. 14 de setembro de 2010. Consultado em 8 de julho de 2015 
  68. «4° Prêmio QUEM 2010: Conheça os grandes vencedores». Revista Quem. 2010. Consultado em 2 de março de 2017 
  69. Melhores da Revista da TV
  70. Troféu Samba de Primeira - Tamborim de Ouro
  71. «Hebe Camargo é o grande destaque do Prêmio Extra 2010». E! Online. 2010. Consultado em 2 de março de 2017 
  72. «Categoria Televisão - 2010 - Prêmio Arte Qualidade Brasil». Prêmio Qualidade Brasil. 2010. Consultado em 2 de março de 2017 
  73. «Saiba quem são os vencedores da 1ª edição do Prêmio Aplauso». Aplauso Brasil. 31 de dezembro de 2012. Consultado em 2 de março de 2017 
  74. «Prêmio Bibi Ferreira». Cena Musical. 16 de dezembro de 2013. Consultado em 2 de março de 2017 
  75. «Prêmio QUEM 2013: Conheça os finalistas na categoria televisão; Votação encerrada!». revista Quem. 2013. Consultado em 2 de março de 2017 
  76. «Claudia Raia: homenagem e indicação no Prêmio Extra de TV». Jornal Extra. 24 de outubro de 2015. Consultado em 2 de março de 2017 
  77. «Musicais concorrem ao Prêmio Arte Qualidade Brasil». A Broadway é Aqui. 11 de novembro de 2015. Consultado em 2 de março de 2017 
  78. «ENCERRADA - Prêmio QUEM 2015: vote na Melhor Atriz de Teatro». Revista Quem. 16 de dezembro de 2015. Consultado em 2 de março de 2017 
  79. «'Troféu Domingão – Melhores do Ano 2019': veja a lista oficial dos indicados ao prêmio e VOTE». Gshow. Consultado em 10 de novembro de 2019 
  80. «Prêmio F5: Veja indicados e vote nos principais destaques do entretenimento em 2019». Folha de S.Paulo. Consultado em 21 de novembro de 2019 
  81. Contigoǃ (18 de dezembro de 2019). «Prêmio Contigo! Online 2019 - Veja a lista completa dos indicados». Contigoǃ. Consultado em 18 de dezembro de 2019 
  82. «Prêmio Área VIP – Vote nos Melhores da Mídia em 2019». Área VIP. 20 de dezembro de 2019. Consultado em 20 de dezembro de 2019 
  83. «Prêmio Destaque Imprensa Digital anuncia indicados da 4ª edição». Acesso Cultural. 4 de março de 2022. Consultado em 1 de maio de 2022 
  84. «Prêmio Bibi Ferreira 2022: veja os indicados de peças de teatro e musicais». Culturice. 16 de agosto de 2022. Consultado em 17 de agosto de 2022 

Ligações externas

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Claudia Raia
  • Cláudia Raia. no IMDb.

Precedida por
Fausto Silva
por Domingão do Faustão
Troféu Imprensa de Revelação do Ano
por Roque Santeiro

1986
Sucedida por
Felipe Camargo
por Roda de Fogo
Cláudia Raia
  • v
  • d
  • e
O ano refere-se à produção da novela. A premiação não foi realizada em 1997.
  • v
  • d
  • e
A premiação não foi realizada em 1999, 2000, 2001 e 2016.
  • v
  • d
  • e
O ano refere-se à entrega do prêmio, geralmente a produção da novela é no ano anterior. A premiação não foi realizada de 1999 à 2001.
  • v
  • d
  • e
O ano refere-se à entrega do prêmio, com a produção da novela geralmente sendo no ano anterior.
  • Portal do cinema
  • Portal da televisão
  • Portal de biografias
  • Portal da arte
  • Portal de São Paulo